Barra do Garças - Mato Grosso - Brasil
Terça-feira, 20 de novembro de 2018
Tamanho da fonte: A- A+ REPORTAGEM
16/12/2016 15:22:51 - 498 Exibições

Frente Popular realiza mutirão de assinaturas

Patrícia Kolling

Os membros da Frente Popular Rios Vivos, nos últimos dia 10 e 11, estiveram nos bairros Vila Maria e São José, em Barra do Garças, coletando assinaturas dos moradores para o projeto de lei de iniciativa popular que impede a construção de usinas e centrais hidrelétricas na bacia do rio das Garças.

O projeto, que será apresentado a Câmara de Vereadores, visa tornar o rio das Garças patrimônio natural, histórico, cultural e turístico do município e precisa ser assinado por 5% dos eleitores de Barra do Garças.

Passando de casa e em casa, os membros da Frente Popular, dialogaram com os moradores sobre as perspectivas da instalação das centrais hidrelétricas e os prejuízos que estas podem trazer a população, a fauna e a flora da região.

Os voluntários foram muito bem recebidos e maioria dos moradores mostrou ter conhecimento da proposta de instalação das hidrelétricas e consciência dos prejuízos que estas podem trazer. “As visitas permitem o corpo a corpo com a comunidade, e o diálogo com os moradores, o reconhecimento enquanto atingidos pelo empreendimento”, ressalta o ativista da Frente Popular, Magno Silvestri.
A estratégia de buscar junto aos bairros da cidade assinatura dos moradores, segundo a voluntária Miriam Martins, tem sido oportuna, pois é um momento em que as pessoas estão em casa, tem tempo de conversar sobre o assunto e a maioria tem o título de eleitor para preencher o formulário do projeto de lei.

Explica ela, que o número do título é fundamental para que o projeto tenha legitimidade para ser submetido à Câmara de Barra do Garças.

De porta em porta, cada voluntário, identificado com a camiseta da Frente, foi conquistando a assinatura de quase todos os moradores. Miriam, em apenas uma tarde, conseguiu cerca de 40 assinaturas. Para a submissão deste projeto de lei de iniciativa popular à votação na Câmara de Barra do Garças, são necessárias 2200 assinaturas, ou seja, 5% do eleitorado do município.

A Frente Popular já contabiliza a metade das assinaturas necessárias. Os mutirões de coleta de assinatura começaram nos bairros mais populosos de Barra e devem se estender para os demais, até que o número de assinaturas necessárias seja conquistado.
Para informar a comunidade sobre a presença da Frente no bairro um carro de som tem passado pelas ruas divulgando a presença dos voluntários e a coleta das assinaturas.
 
A Frente Popular
A Frente Popular Rios Vivos é movimento formado por pessoas da sociedade de civil, entre professores, servidores públicos, estudantes, pequenos empresários e integrantes de organizações não governamentais, preocupados em proteger os rios da região de Barra do Garças.

Em média, 15 pessoas participam efetivamente do grupo, traçando estratégias contra a usina em fase de licenciamento e contras as outras 13 centrais hidrelétricas que também estão previstas para o curso do rio das Garças. Integram o movimento especialistas de diversas áreas, que estão avaliando o projeto e buscando conscientizar a população. (Texto: Assessoria de Imprensa Frente Popular Rios Vivos  Jornalista Patrícia Kolling).